domingo, 18 de outubro de 2009

ciranda

Pés descalços
Céu azul
Grama verde...
No ar o jasmim exalava seu cheiro
Perfumando a lembrança
de um tempo de Saia de flores
Pandeiros ,Tambores.


"Borboleta amarelinha pousou
Na janela da cozinha pra'visar
Que meu amor
Apontou lá na avenida
Tá pra chegar
Perguntei pra borboleta amarelinha
Por que passei tanto tempo tão sozinha
Ela sorriu e pousou
Na janela da cozinha."
(Isaar)

* depois de muito tempo voltei a ouvir ciranda... e por um acaso assisti um programa chamado SOM NA RURAL , que estava Apresentando ISAAR , uma voz doce que me encanta a muito tempo. se tiverem a opotunidade http://www.myspace.com/isaar

3 comentários:

renata disse...

flores e cheiros... vontades urgente, feito criança!

beijos doces!

Evelyn Colly disse...

Uma criança, uma ciranda, eu sempre amei, sempre hei de cantar *-*

nossa adorei teu blog, sempre que puder estarei aqui acompanhando se não encomodar...

conferi o myspace, simplesmente encantador.

bjs.

Carolina de Castro disse...

Graça de letra...
Coisas graçiosas assim deixam o nosso dia mais colorido não é?
Beijos